Mercado

Em 25/10/2017 | 18:41h

Bitcointrade entre no mercado de moedas virtuais

Bitcointrade entre no mercado de moedas virtuais


A BitcoinTrade iniciou operação no Brasil a partir de 20 de outubro com a proposta de estabelecer um novo parâmetro para o mercado brasileiro de moedas digitais. A empresa aposta em uma plataforma robusta para promover a evolução das negociações de bitcoins, criando um diferencial importante no segmento que, seguindo tendências globais, ganha cada vez mais força como uma das melhores opções do mercado de investimento.

A BitcoinTrade tem o objetivo de ser a corretora mais avançada e mais segura para compra e venda de moedas digitais. A plataforma nasce oferecendo negociações de compra e venda de bitcoins e um de seus principais diferenciais é justamente ser a primeira do País a oferecer padrão de certificação PCI DSS, que prevê a proteção da privacidade dos usuários. Com esta certificação, a empresa oferecerá aos clientes a opção de comprar moedas digitais utilizando cartão de crédito, garantindo também a confidencialidade dos dados de cartões de pagamento.

O fundador e CEO da empresa é Carlos André Montenegro, que atuou por 10 anos na liderança da Sack's, maior empresa de e-commerce de perfumes e cosméticos da Internet brasileira. Após a venda da empresa para o grupo Louis Vuitton em 2010, Carlos respondeu, por quatro anos, como CEO da Sephora Brasil, empresa controlada pelo conglomerado francês LVMH. Atualmente, o executivo possui investimentos em múltiplas empresas de tecnologia, dentro e fora do Brasil, além de ser um dos sócios da Startup Farm, uma das mais renomadas aceleradoras de startups de tecnologia da América Latina.

"O Brasil tem um potencial imenso na área digital e a nossa visão é que as moedas digitais, com suas tecnologias absolutamente disruptivas, terão um papel importante na sociedade em que vivemos. Assim, nascemos com o objetivo de oferecer um ambiente seguro para as transações e também democratizar o acesso a todo o portfólio de moedas digitais, possibilitando a negociação de outras altcoins que ainda não estão disponíveis para compra e venda no mercado brasileiro.", afirma o executivo.

O potencial do mercado de altcoins é grande. Relatório publicado pelo BitValor, em agosto, aponta que o índice BRXBT (utilizado para cotar o preço atual de uma unidade de bitcoin) fechou em forte alta de 98% e atingiu a cotação histórica acima de R$ 17,9 mil. Criada em 2009 com a proposta de ser a primeira moeda descentralizada da história, apenas para ambiente digital e sem intermédio de instituições financeiras, atualmente a bitcoin é a moeda digital mais famosa do mundo. Assim, a aposta da BitcoinTrade é nessa alta valorização obtida pela criptomoeda: a bitcoin se tornou o ativo financeiro mais rentável dos últimos anos, acumulando alta de quase 850% somente entre 2015 e 2016, passando de US$ 427,13, em 2015, para US$ 5.200, em 2017, chegando a ser cotada por quase de R$ 18 mil no mercado brasileiro. "Acreditamos que as moedas digitais farão parte de uma revolução mundial na forma como as pessoas lidam com dinheiro. Queremos estar na vanguarda desse movimento", conclui Montenegro.

Fonte: TI Inside

Comentários

Para comentar é preciso se identificar:
esqueci a senha | cadastre-se já!

Ainda não há comentários sobre este post.

Ou identifique-se abaixo, no Facebook.
 

Mais Lidas

Mercado 22/01/2013 17:40h

Microsoft pode investir US$3 bi para fechar capital da Dell

A Microsoft estuda investir entre US$1 a US$3 bilhões para o fechamento de capital da fabricante Dell, de acordo com o

Negócios 30/01/2013 15:24h

TIM e Itaú se unem para pagamentos móveis

A TIM informou nesta quarta (30) que está iniciando testes em parceria com o Banco Itaú para a implementação de uma

Telecom 16/01/2013 16:48h

Telefônica Vivo sofre instabilidade de telefonia móvel em SP, SC, PR e RS

A Telefônica Vivo comunicou através de uma nota nesta quarta (16) que o serviço de telefonia móvel da companhia pass

RSS Enviar por email Twitter Facebook

© 2013 Corpbusiness Ltda. Todos os direitos reservados
Agencia Pulse