Especiais

Em 28/11/2016 | 16:34h

Gestão de Processos: Desafios de gerenciar arquivos na 4ª Revolução Industrial

Gestão de Processos: Desafios de gerenciar arquivos na 4ª Revolução Industrial


Atualmente, o principal desafio das organizações é organizar os processos mediante a tanta tecnologia disponível no mercado, por isso, muitas estão implantando programas exclusivos já que economiza tempo e melhora o desempenho de funcionários e da própria instituição.

A Portus Consultoria, companhia especializada em estratégia de Tecnologia da Informação para negócios, e participante da 3ª edição da Conferência Gestão por Processos, realizada pela Corpbusiness, na última semana, em São Paulo, destacou que os processos na era digital precisam ser ágeis para estar alinhados com tecnologia no meio corporativo.

Em entrevista exclusiva, o sócio da Portus, Eugênio de Carvalho, reiterou que a agilidade dos processos da era digital está associada à sua automatização. Deste modo, a automação de interações com clientes pode elevar o número de opções de autoatendimento que auxiliam a solucionar problemas rapidamente, personalizar as comunicações para serem mais relevantes.

A executiva acrescentou que oferecer jornadas consistentes aos clientes, independentemente do canal, hora ou dispositivo são diferenciais no processo de transformação da era manual para digital. “Nos meios produtivos fabris eles são caracterizados pela execução por meio de robôs, que lhes dá produtividade, precisão, qualidade e eliminação de riscos para os seres humanos e velocidade”.

A Corpbusiness apresenta abaixo os principais fatores para a implantação da Gestão de Processos na era digital, a partir da palestra realizada pela Portus Consultoria no nosso evento. Isso porque, a empresa destacou a importância de especialistas no assunto se reunirem de tempos em tempos para discutir e difundir informações. “No evento a intenção foi destacar a importância dos processos para o sucesso dos negócios na Era Digital e a sua dependência das definições estratégicas para a 4ª Revolução Industrial”.

Corpbusiness: Quais os principais desafios que a Portus Consultoria encontra no século XXI onde novas ferramentas surgem a todo instante para manter os processos ágeis?

Portus Consultoria: A Portus Consultoria apoia seus clientes na definição e implantação de estratégias de negócios que visem melhorar os seus resultados. Entre os desafios para a implantação de processos ágeis e confiáveis destacamos: Identificar a ferramenta mais adequada para a necessidade do cliente, que são muito abrangentes e complexas. Identificar a melhor estratégia e tática para implementar processos inovadores para o seu negócio. Especificação de um processo inovador e ágil. Adequação da organização e cultura para a sua implantação e, naturalmente, na gestão do projeto de transformação e implantação do processo.

Corp: A legislação brasileira – conhecida como burocrática –ainda dificulta os trâmites de um processo? Quais as soluções encontradas pela Portus Consultoria? Portus: A legislação brasileira pode ser bastante complexa neste sentido.   Sempre consultamos especialistas jurídicos quando o assunto envolve aspectos legais.

Corp: A implantação de mecanismos digitais encontra resistências por parte do mercado?
Portus: Sim, os executivos das empresas têm dificuldade em entender claramente e de forma consensual o significado de ser digital. As diversas interpretações sobre o seu significado criam resistências implícitas e explícitas e gera dispersão dos esforços na transformação das empresas. As resistências ocorrem porque as mudanças trazem incertezas e inseguranças. As pessoas, de um modo geral tendem a ser conservadoras. A manutenção da situação atual lhes dá conforto porque os problemas já são conhecidos e dominados. Os projetos para implantação de mecanismos digitais devem ser precedidos de um estudo e planejamento detalhados, visando construir uma visão clara da mudança, seus objetivos vantagens e, principalmente, riscos e extensão dos impactos culturais que precisarão ser modificados e precisarão ser gerenciados. Sempre recomendamos aos nossos clientes realizarem projetos piloto para aprendizado e redução de resistência na implantação destes mecanismos. Outra tática que recomendamos é a realização de projetos segmentados e complementares, onde num primeiro estágio obtemos apenas parte dos ganhos e permita mudar a cultura e vários projetos complementares com funcionalidades adicionais que trazem mais ganhos para o negócio.

Corp: A Portus Consultoria consegue fazer uma mensuração dessa tecnologia para o meio ambiente, já que reduz o número de papéis usados?
Portus: Nós não temos os mecanismos para cálculo da redução de danos para o meio ambiente. No projeto de implantação de novos processos sempre criamos indicadores para aferir ganhos, sejam de produtividade, redução de custos, etc. Naturalmente a eliminação de papel é um ganho importante para os processos administrativos e comerciais.   Nos processos fabris os ganhos para o meio ambiente dependem do processo que está sendo automatizado. Vale ressaltar que a economia na utilização de papel não é a única relevante nos processos digitais, uma vez que processos mais eficientes consomem menos matéria prima e energia, no geral.

Corp: A Portus Consultoria já adota um sistema de trabalho em nuvem, onde o armazenamento e o processamento de dados são centrais?
Portus: Sim, nós da Portus Consultoria usamos intensivamente as facilidades da nuvem para nossos processos e sistemas.

A Corpbusiness realiza diversos congressos anuais para debater as principais questões do mundo corporativo. Acesse aqui e fique por dentro de todos os congressos e garanta sua vaga para estar sempre alinhado com as principais estratégias do mercado. Para mais informações sobre os serviços oferecidos pela Portus Consultoria acesse aqui.

(Nathália Martins)

Comentários

Para comentar é preciso se identificar:
esqueci a senha | cadastre-se já!

Ainda não há comentários sobre este post.

Ou identifique-se abaixo, no Facebook.
 

Mais Lidas

Mercado 22/01/2013 17:40h

Microsoft pode investir US$3 bi para fechar capital da Dell

A Microsoft estuda investir entre US$1 a US$3 bilhões para o fechamento de capital da fabricante Dell, de acordo com o

Negócios 30/01/2013 15:24h

TIM e Itaú se unem para pagamentos móveis

A TIM informou nesta quarta (30) que está iniciando testes em parceria com o Banco Itaú para a implementação de uma

Telecom 16/01/2013 16:48h

Telefônica Vivo sofre instabilidade de telefonia móvel em SP, SC, PR e RS

A Telefônica Vivo comunicou através de uma nota nesta quarta (16) que o serviço de telefonia móvel da companhia pass

RSS Enviar por email Twitter Facebook

© 2013 Corpbusiness Ltda. Todos os direitos reservados
Agencia Pulse